A natureza;



A natureza é um corpo vivo dotado de sabedoria espiritual.

Para conhecer a alma da mãe terra que está no nosso oculto, devemos sempre estar conscientes de que somos parte da mãe terra. Devemos interagir de uma forma mais espiritual e com mais gratidão, sendo consciente de que Deus (Criador) também faz parte de um todo. Seria maravilhoso se toda humanidade começasse a interagir espiritualmente de uma forma mais consciente com a mãe terra, respeitando todos os seres viventes e começando por si mesmo. Criando uma atitude mais pacífica, serena e zen, essa sintonia se torna parte da nossa vida cotidiana.

Tudo à nossa volta é vida, movimento e emoção. Por isso, devemos prestar atenção ao nosso corpo e em como o utilizamos, sempre tendo em consciência que ele é um templo para nossa alma. É necessário também, nos nutrir através de alimentos naturais, optando pelos sem químicas e evitando os modificados. A natureza foi deixada perfeita, tudo em seu devido lugar, inclusive nós. Portanto, tudo que é modificado traz ao nosso mudanças e energias que nos provocam distúrbios emocionais indesejados.Em um texto bíblico, fala-se de quatro seres viventes. Do meu ponto de vista, de uma forma espiritual, posso ver esses quatro seres sendo vitalmente: SOL, ÁGUA, TERRA, e AR.

Nestes quatro elementos existem, vigorosamente, o poder da criação e o poder da lei do retorno. Por mais que os quatro sejam silenciosos, eles estão vivos e no processo de observar o uso descontrolado da mãe terra. Ou seja, a maneira inadequada com a qual, às vezes, nos comportamos diante dois tais. Sol, Água, Terra e Ar. Esses quatro elementos possuem o poder de agir sobre tudo, uma vez que são vivos e observadores da energia divina que os criou.


Minhas intenções não são julgar ou condenar nenhuma boa alma, apenas gostaria de lhes alertar. Apenas falo, espiritualmente, sobre uma realidade real e vivida por todos deste planeta. Podemos ter certeza que, quanto mais agimos de uma forma desumana, mais prejuízos e dívidas espirituais teremos em função da lei do retorno. Devemos fazer para os outros, apenas aquilo que estaríamos de acordo em receber se estivéssemos do outro lado. Deste modo, devemos agir de boa fé com os próximos, sejam eles animais, natureza e todos os seres vivos... Essa linha de pensamento se origina dos princípios da Lei do Karma, bem como da Lei do Retorno.


Nos dias atuais, muitas coisas são complicadas e dizer que existe alguém que esteja cem por cento protegendo o planeta, é impossível. Devemos procurar fazer o melhor para evitar tantos acontecimentos negativos para a vida do planeta, e deste modo, ao mesmo tempo, nos ajudar. Ninguém é inocente, e, ao menos, vamos procurar refletir nosso dever de cuidar de todas as espécies de vida existentes. Quando olhamos a natureza com os olhos da alma, podemos ver a sabedoria invisível que está presente em tudo. Procurar sempre ver tudo com nosso eu interior poderemos compreender a delicadeza de cada ser vivo que carrega em si essa sabedoria infinita. Minha experiência de conexão com essa delicadeza, que chamo "alma da natureza", é algo que, muitas vezes, só pode ser compreendido sendo vivenciado. Seria necessário, durante essa experiência, ver através dos olhos da alma para entender o espirito sútil e real existente.


Dentro dos próximos parágrafos, tentarei, do meu jeito, descrever um pouco de tudo que vejo e sinto de uma forma simples.


Ao longo do tempo, o homem interagia com a natureza para sobreviver. Com o passar dos anos, eles foram se descobrindo a partir do ego. "Como EU posso ser isso? Como EU posso ser aquilo?". Aos poucos, esses seres foram se perdendo no poder egoísta do "Quero tudo e nada é suficiente!", se esquecendo de sua verdadeira realidade espiritual. Nessa realidade tão grosseira, o homem esqueceu de ver O Todo com os olhos da alma. Ele se perdeu em um mundo fora da realidade sublime.


Este mundo fora da realidade sublime está destruindo o planeta e a sua própria espécie humana. Sabemos que ao longo dos tempos muitos foram perdendo esse contato espiritual com a essência da natureza, a transformando em uma área de lazer para descansar, ou até mesmo usufruir de uma sombra fresca sem prestar atenção ao poder energético que habita em tudo. Muitos, simplesmente entram em um rio e refrescam seus corpos. No entanto, fazem isso sem ter consciência que tudo é um ser vivo parte de uma consciência espiritual muito sábia.


Para resgatar esse contato com a natureza, temos que, em primeiro lugar, ter total consciência deste solo sagrado onde habitamos, presente de Deus (O Criador). Portanto, esse reconhecimento é necessário para que possamos interagir com tudo à nossa volta, e assim, estar em perfeita harmonia com o espírito da natureza.

Essa consciência de homem observando a natureza, poderia mudar o planeta para um mundo diferente. Tenho certeza que faríamos um mundo mais duradouro ao fazermos atenção aos pequenos detalhes.

É maravilhoso sentir toda essa divindade. Bem como sentir a luz que emana de tudo. Isto é certamente um êxtase de paz profunda com o infinito que somos. Mas, enquanto o homem ficar separado da fonte, ele não poderá sentir a alma da Terra dentro de si para, assim, compreender sua infinita sabedoria espiritual. Todos os seres humanos precisam acordar para uma nova realidade que foi perdida ao longo dos tempos. Os seres humanos estão focados no materialismo sem pensar nas consequências de fazer isso. Com o tempo, os homens se perderam nas ilusões do "Eu quero mais!".

Em pleno 2022, estamos vendo a natureza ser sacrificada de pouco a pouco e, ao mesmo tempo, ninguém é capaz de sacrificar um desejo a fim de protegê-la. Cada folha que vemos em uma árvore tem um uma função de amor com o planeta. Às vezes vejo preços absurdos de imóveis sendo disputados por diversas pessoas, imóveis estes feitos com as madeiras extraídas através do desmatamento das árvores da Floresta Amazônica. Sem citar o uso abusivo das terras para plantio da soja que é destinada a criação dos gados que, posteriormente, são mortos. Meus sentimentos se entristecem quando penso que os gananciosos são capazes de acabar com uma das maiores florestas do planeta apenas para alimentar suas vaidades. Devemos resgatar a conexão com a natureza que habita dentro de nós. Esta conexão nos mostrará quem realmente somos. Assim, poderemos ser um todo com a ajuda do espírito da natureza. E ao mesmo tempo, nos conectar de uma forma mais sábia ao Divino Criador. Somente desta maneira seremos capazes de continuar nossa jornada com plena consciência do que devemos fazer para melhorar este lindo Planeta Terra.

Devemos acordar para dentro de nós, para assim não ficarmos perdidos no vazio das ilusões sem saber quem realmente somos. Todos temos que refletir antes de afirmarmos que somos algo. Somente chegaremos no último degrau quando tivermos consciência de quem realmente somos como seres em evolução.


Somos luz.


Gratidão! 🦋🦋