Não te julgue


Seja sua própria flor de lótus e desapegue do passado, sem medo e sem julgamento contra você mesmo.

Muitas pessoas vivem em um estado de medo espiritual, se esquecendo que dentro de si existe uma luz própria deixada pelo criador. Quando você vive no medo e se julga, passa dar atenção aos monstros aliado ao ego, e logo vem um sentimento de condenação contra você e todos. Tudo isso vai nos afastar do foco de luz que já está no nosso interior.

Devemos nos permitir vibrar na evolução do criador que está em nós, que tudo ama e nada condena. Sair dos sentimentos criado pelas crenças dominadoras, ou por falta de amor próprio é um passo muito importante para nossa evolução.

O importante é recomeçar e não ficar parado nos erros e medos, pois o importante é andar e crescer espiritualmente sem cobranças.

Para conhecer essa flor de lótus interior, pare de olhar para trás, assim não vai ficar perdido no passado ou em caminhos que te levam ao sofrimento. Tenha fé no criador e seja livre dos muros julgadores e dos medos interiores, pois muitas vezes esses medos estão ligados aos sentimentos de culpa ou de julgamentos contra si mesmo.

Mude e se alinhe sempre para o melhor, pois se não está vivendo uma vida feliz...é sinal de que não está vivendo a vida que deveria viver. O criador nos deu sabedoria de escolhas, por isso esvazie a mente e procure ver o positivo da vida em que você está vivendo nesse instante, e agarre a essa energia positiva. Então veja tudo à sua volta com os olhos de Deus...e o primeiro milagre positivo que você vai ver é a percepção da sua própria vida. E nesse momento procure esvaziar todo lixo mental que te perturba e fixa no momento presente da sua existência. Deixe a mente vazia e procure dentro de si um silêncio interior procurando no eu profundo um sentimento de paz... confiante de que existem muitos lindos caminhos a seguir, mas em primeiro lugar busque esses caminhos dentro de si mesmo.

Fazendo assim muitas vezes as flores começam a nascer nesse caminho que você já segue.

Quando interagimos espiritualmente com nosso eu interior, começamos perceber que o verdadeiro caminho que temos que encontrar em primeiro lugar é a nossa paz interior. Cada vez que aprofundamos em busca do nosso eu interior teremos menos sofrimento... não significa que estaremos o tempo todo em um estado de êxtase ou livre da dor, mas quando entramos em um estado de entendimento mais profundo... nosso eu fica além da dualidade da dor e prazer, porque entramos em um

estado de menos mente sem criar resistência com nós ou tudo à nossa volta.

Estando nesse estado superior não ficamos na observação do que nossa mente revela, porque saindo da resistência não se cria sofrimento.

Esvazie a mente e medite... sinta esse poderoso eu divino em

você. Permita sentir o que está na outra extremidade do Eu, para você ver que lá há algo além do mundo material, assim você não se perderá nos interesses próprios e ilusórios do ego.

Estando nesse estado você conhecerá o vazio da sabedoria e da compreensão verdadeira que está além de todo barulho humano.

Esqueça o passado... olhe para dentro do seu interior e viva o presente, pois essa é a nossa realidade...fazendo assim você será o ser imanente.

O passado deve ser deixado para trás, pois fazendo assim estaremos livre... e não estaremos trazendo a energia dos caminhos percorridos pela alma para os caminhos futuros. Pois trazemos em nossas memórias espirituais uma bagagem boa ou má, e aqui é o lugar para purificar e reparar nossas falhas. Por isso, o melhor passo é ficar no aqui agora consciente das maravilhas interior... meditação, mente fazia e paz profunda. Para termos consciência de tudo isso, é preciso não dar atenção aos barulhos externos, mas observar a paz interior e deixar ela nos guiar. O mais belo dessa vida é sentir que podemos encontrar dentro de nós essa infinitude espiritual que é conectada ao criador. Estando nesse estado superior não ficamos na observação do que nossa mente revela, porque saindo da resistência não se cria sofrimento. Esvazie a mente e medite... sinta esse poderoso eu divino em você. Permita sentir sua harmonia interior e vera o que está na outra extremidade do Eu... assim verá que lá há algo além do mundo material.


Namastê 🦋 Gratidão